sábado, setembro 16, 2006

Gotas de chuva...

Gotas de chuva...

Uma gota de chuva
Ficou presa pelo fio
Faiscando a luz do sol
Até se evaporar

Tive pena daquela gota pequena
Que por alguns instantes
Brilhou mais
Que o mais puro brilhante
Para em seguida se apagar...

Quanta gente existe no mundo
Que alardeia virtudes
Que são como gotas de chuva
De efêmero brilhar

Quantas coisas sonhamos
Um dia poder realizar
Porém,como as gotas de chuva
Os sonhos se desfazem
Ao despertar...

Autor: desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO