sábado, setembro 16, 2006

Sabe quanto mal sua ausência me faz?

Sabe quanto mal sua ausência me faz?

Quando você vai, o vazio toma o seu lugar.
Preenche de incerteza onde só existia certeza.
Envolve de tristeza o que era alegria.
Liberta o desânimo onde havia esperança.

Sofre, minha alma sofre.
A solidão toma espaço.
A dúvida clama,
Brinca com a minha esperança.

Afirma-se a ausência.
E fico a imaginar se volta.
A dúvida dilacera o meu ser.
E agora, que faço sem você?

Clara M Maciel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO