sábado, fevereiro 28, 2009

Tu e Mais Nada



Sílvia Schmidt

Amo-te tanto, amor da minha vida!
É tudo escuro quando estás ausente.
Eu nada vejo e sinto tão somente
Uma saudade amarga e dolorida.

Amo-te tanto, amor! Chega a doer
Qualquer silêncio que se imponha a nós.
Só há melodias onde está tua voz
Para embalar meu sonho e o meu viver.

Só sei cantar o amor que mora em mim,
Só sei dançar quando tu estás assim
Com o teu corpo a se enroscar no meu.

Amo-te tanto, amor da minha vida!
Deus nos proteja de uma despedida
Assim na Terra e assim também no Céu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO