sexta-feira, setembro 15, 2006

Abandono...


Abandono...

É agora ou nunca.
Amanhã - quem sabe?!
Meu amor esperou e espera
O momento chegar.

Sei que é dificil dividir o futuro.
Mas em todos os lugares,
Em todos os momentos
Em ti me vejo.
E no fundo de teus olhos
- que me olham com meu olhar -
Descobri algo que não conhecia!

Todos temos traços de luz
Que nos permitem ir
Ate onde poderiamos ir.

Sentada a espera,
Ouço no tempo
Vozes discordantes
De minha verdade.
Em que momento
Bifurquei a felicidade?!


E na penumbra da ausência,
Na solidão que me cerca
- Que ousei chamar de destino, -
Cresce a mágoa do abandono!
***********************
Delasnieve Daspet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO