sábado, setembro 16, 2006

A Coisa Mais Próxima da Loucura

A Coisa Mais Próxima da Loucura

Como eu posso achar que estou ficando forte
Ainda que pareça que ar esteja abaixo dos meus pés?
Como pode a felicidade parecer tão errada?
Como pode a miséria parecer tão doce?
Como você pode deixar eu observar você dormir
Então destrói meus sonhos do jeito que você faz?
Como eu posso mergulhar tão profundo?
Por que eu me apaixonei por você?

Esta é a coisa mais próxima da loucura que eu já estive
Sentindo-me madura, e agindo como uma adolescente
Esta é a coisa mais distante da loucura que eu já conheci
Eu nunca estive louca própriamente
E agora eu sei que há uma ligação entre os dois
Ficando perto da loucura e perto de você.

Como você pode me separar
Se quebra minha queda com mentiras amorosas?
É tão fácil magoar um coração;
É tão fácil fechar seus olhos;
Como você pode me tratar como uma criança
Ainda como uma criança que sente saudades de você?
Como pode alguém parecer tão selvagem?
Como pode alguém parecer tão triste?

E estando perto de você, estando perto de você

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO