sábado, setembro 16, 2006

EU QUERIA

EU QUERIA


Queria ser teu pensamento,
quando estivesse traduzindo a mensagem
que o murmúrio das ondas nos traz.

Queria ser o porto, em que você ancorasse teu barco.
Queria ser o teu amparo, quando as dores da vida te abatessem.
Queria ser a força, que te ajudasse a superar os obstáculos
e te fizesse renascer a cada instante.

Queria ser o poder, que com meu amor,
transformasse em sorriso os teus momentos tristes.
Queria ser o encontro, que preenchesse
o vazio dos teus momentos de solidão.

Queria ser a água, que te refresca o cansaço.
Queria ser o gesto de ternura, das mãos que te acariciam.
Queria poder sentir, o calor do teu corpo junto ao meu,
formando a mais linda melodia.

Queria ser o teu prazer, misturado no meu prazer.
Queria ser os beijos, que te secassem as lágrimas.
Queria ser os braços, que te embalassem o sono e as mãos
que alcançassem tua face.

Queria ser o olhar seguro, a olhar dentro de teus olhos.
Queria ser a lembrança, que te impulsionasse rumo à teus sonhos.
Queria deixar de ser uma imagem, para ser alguém.
Queria poder dar de mim, à você.

Queria ser o tempo, para ter tempo de te fazer feliz.
Queria ser um pouco de tudo...
e tenho medo de não ser nada.

Fernanda C. Scialla

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO