sábado, setembro 23, 2006

Um dia de primavera...


Encontrar-me-ás...
Escondido em um abraço,
Que segura uma lágrima,
Que fala de uma dor...,
Que vem do coração
Que não abriu a porta
Quando eu pedia abrigo...

Encontrar-me-ás...
Escondido em um sorriso
Que guarda uma dor
Que sufoca uma lágrima
Que esconde o medo
De não conhecer
O que já se sabe...

Encontrar-me-ás...
Em teu coração,
Em algum lugar no tempo,
Em algum lugar na primavera...
Segurando as flores
Que nunca pude
Te entregar...

Encontrar-me-ás...
Em tua vida,
No tempo certo,
De braços abertos,
Aguardando...
Aguardando o abraço
Que sempre soube
Que era meu...

Encontrar-me-ás...
Sentado,
À beira do caminho,
Abraçado à flor,
Que não murchará...,
Esperando...
Esperando por ti,
Mesmo sem saber...
Se virás num dia de sol...

Buscar-me-ás...
E encontrar-me-ás...
Ao teu lado,
Como sempre,
Desde o princípio...

Meus olhos estão
Em cada estrela
Que brilhou,
Além das nuvens,
Junto ao meu coração.

Cada folha
Que caiu no outono
Era um recado
Para ti...
Cada nuvem no céu
De inverno,
Foi um lembrete...
Cada flor que
Nascer,
Na primavera vindoura,
Será um beijo meu,
Ainda guardado,
Até o dia,
No tempo certo,
Em que encontrar-me-ás.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO