terça-feira, dezembro 09, 2008

Acima das tribulações


Em tempos difíceis, a tribulação, a angústia, a perseguição, a fome ou o perigo pode bater à porta de qualquer um. Problemas chegarão e passarão também. Mas como será que reagimos a eles? Qual o verdadeiro significado na vida daqueles que servem a Deus?

A princípio, temos que ter consciência de que Deus não trabalha com imprevistos, ele tem o tempo certo e a forma adequada para agir na vida do homem. Então, se você está passando por um momento difícil hoje, não perca tempo achando que Deus enviou o “pepino” para pessoa errada.
Ele, mais do que ninguém, conhece tudo a seu respeito e ainda que você se esconda no mais profundo abismo, ele te achará, e jamais permitirá que você passe por algo que não possa suportar.

Não é fácil entender, mas Deus sabe a maneira correta como lidar conosco. Outrora um amigo me disse a seguinte frase: “Infelizmente, a única linguagem que o homem pára pra pensar, reavaliar as coisas é por meio da linguagem da dor”. Entendo que, mesmo permitindo que isso seja uma grande verdade para nós, Deus não é um “tirano”, vejo esta “permissão” como instrumento para nos chamar atenção, e assim voltarmos nossos olhos para ele, pois só assim caminharemos para o “centro”... o centro da sua vontade.

Em momentos difíceis precisamos louvar a Deus, pois tudo que ele faz em nós tem um fim proveitoso, mesmo que, no momento, não entendamos nada. Em Romanos 5. 3-4 diz que “a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança.” A nossa experiência nunca será descartada por Deus. Ele sempre te conduzirá para que em tempo oportuno você ajude, abençoe a vida de um outro alguém e, claro, esta escolha será sua.

Paulo diz que “É Ele que nos conforta em toda (grifo meu) a nossa tribulação, para podermos consolar os que tiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus.” (2 Co 1.4). O Senhor é o teu consolo continuamente! Faça dos acontecimentos permissivos por ele, em sua vida, uma escada para o seu crescimento e não pedras para tropeço. Para Deus sua vida tem um propósito, e sua dor pode ser a chave para trazer esperança para a vida de muitas pessoas.

Então, guarde esta verdade em seu coração: “se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados. Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.” (Rm 8. 17-18).

Fonte: Lagoinha.com
http://www.lrchurch.co.uk/texto_acima.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO