segunda-feira, dezembro 15, 2008

"Retrato do meu Amor




Tentei retratar meu amor por você, usando palavras...
Mas, as palavras não conseguiram exprimir a
realidade dos meus sentimentos...
O amor que sinto por você, ficaria, certamente,
perdido entre anotações...

Quem sabe, poderia retratá-lo num soneto,
onde não houvesse caneta nem papel,
onde a rima dos meus versos,
fosse determinada pela cadência
das batidas do meu coração?
Mas, você não poderia sentir o ritmo das batidas do meu coração,
quando estivéssemos distantes,
e a rima dos meus versos poderia, então, ser esquecida...

Foi então que descobri que meu sentimento
não precisa de palavras e rimas para ser retratado...
Ele precisa, somente, de uma memória,
porque a memória é a verdade,
e a verdade é o meu amor, que não precisa de palavras,
de rimas, de caneta ou de papel
para ser sempre lembrado por você onde
e quando você quiser!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO