sábado, janeiro 17, 2009

Não precisa mudar



Não Precisa Mudar

Saulo Fernandes/Gigi

Não precisa mudar
Vou me adaptar ao seu jeito
Seus costumes, seus defeitos
Seu ciúme, suas caras
Pra que mudá-las?

Não precisa mudar
Vou saber fazer o seu jogo
Saber tudo do seu gosto
Sem deixar nenhuma mágoa
Sem cobrar nada

Se eu sei que no final fica tudo bem
A gente se ajeita numa cama pequena
Te faço um poema e te cubro de amor

Então você adormece
Meu coração enobrece
E a gente sempre se esquece
De tudo o que passou

Porque quem ama cede, não exige nada, espera docemente, deseja ardentemente uma mudança mas ainda assim não obriga a pessoa amada, diz, insinua, mas aguarda tudo com grande paciência e se for preciso muda e se adapta ao outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO