quinta-feira, abril 09, 2009

Depois de um tempo


"Depois de um tempo
você aprende
a sutil diferença,
entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende
que amar não significa apoiar-se,
e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender
que beijos não são contratos
e presentes não são promessas.
E começa a aceitar suas derrotas
com a cabeça erguida e olhos adiante,
com a graça de uma mulher adulta
e não com a tristeza de uma criança.
E aprende
a construir suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã
é incerto demais para planos,
e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol queima
se ficar exposto por muito tempo.
Portanto, plante seu próprio jardim
e decore sua alma,
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar...
que você é realmente forte,
e que você realmente tem valor,
E você aprende,
e aprende,
com cada adeus,
você aprende."

O texto, conhecido no Brasil sob o título "Você Aprende", ainda gera controvérsias, portanto, passo a palavra à autora, Veronica Shoffstall, para que ela diga o que acha de ver seu texto atribuído a Shakespeare. Antes de mais nada, o texto não é de Shakespeare, está registrado em nome de Veronica Shoffstall e foi escrito em 1971. Shakespeare jamais escreveu nenhum texto de auto-ajuda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO