domingo, setembro 17, 2006

Será ?




Será que daqui por diante
minha vida será solitária ?
Será que meu destino é morrer tão só ?
Quantos dias vazios e frios me esperam ?
Assim como o sol se põe e a lua aparece
a luz se esmaece aos poucos em minha vida
lenta e dolorosamente ela se vai,
escapa entre meus dedos nessa minha
insensatez de querer conter você
Será que daqui por diante todas
as minhas noites serão tão negras ?
Será que minha busca incessante
e louca nunca acabará ?
Quantas noites ainda falarei com as paredes
Assim como um sonho sem nenhum controle
o amor habita somente em minha mente
onde andará você nesses momentos tão sombrios
eu estou aqui tão sozinho
Autoria de Jorge Lennon



"Por mais profundas que sejam as feridas da alma, o tempo,
esse grande consolador, sempre nos oferece o seu bálsamo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO