quinta-feira, abril 05, 2007

HOJE, LEMBREI-ME DE VOCÊ.


Hoje, lembrei-me de você.
Havia impregnado no ar o aroma do teu perfume!
212.
Hoje, lembrei-me de você.
Ouvindo as canções, um ao outro enviadas!
Como te esquecer?
Hoje, lembrei-me de você;
De tuas falas de carinho, dos beijos soprados na palma da mão.
Eras, o meu viver.
Hoje, lembrei-me de você.
Quando tocando numa linda e perfumada rosa;
Quando de certa forma senti, a leveza do teu ser.
Hoje, lembrei de você.
Pegando um livro na estante, quando em um lampejo de um instante,
Teu rosto eu pude ver.
Hoje, lembrei-me de você.
Das palavras que dizia, em tuas concatenadas poesias:
“Jamais quero te perder”.
Hoje, lembrei-me de você.
Do teu olhar, do teu lindo e apaixonante sorriso;
Era como olhar o paraíso, sem merecer.
Hoje, lembrei-me de você,
Quando uma criança pediu-me um abraço apertado, bem demorado;
Lembrei-me, de tudo que mais gostavas; esse era teu maior querer.
Hoje, lembrei-me de você,
Que a única coisa que nunca me descestes; e a única que cumpristes!
Foi tirar-me de tua vida; de forma abrupta me esquecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO