terça-feira, dezembro 09, 2008

Nos bastidores da vida


Vida Cristã

A graça, a paz, glória a Deus, aleluia, a paz do Senhor... são palavras usadas corriqueiramente no meio evangélico, mas nem todos sabem sentir o que estão declarando ao dizerem isso. Muitas vezes isso se torna nada mais nada menos que um vício de linguagem usado quando estamos nas igrejas ou conversando entre cristãos e não palavras de bênção.

Porém, a vida ao lado do Senhor não se resume ao recinto da igreja. Precisamos estar cientes de que não podemos fazer nada nos esquecendo da onipresença do Pai. Em nossa casa, em nosso trabalho, em nossa escola, na rua ou em qualquer outro lugar que estejamos, temos o dever de agir como filhos de Deus.

Infelizmente muitos dos freqüentadores das igrejas perdem a visão evangélica ao saírem do meio cristão. São como verdadeiros camaleões que fazem de tudo para se adaptar aos mais diversos meios, com as mais diversas pessoas e hábitos variados. Se estão dentro das igrejas usam o vocabulário cristão, se estão dentro do ônibus e alguém tromba brigam e fecham a cara, se estão na faculdade na rodinha de amigos se tornam como eles, se todos estão saindo e se divertindo com coisas mundanas, porque não fazer também?

É assim que muitos dos “atores-gospel” se comportam dentro e fora das igrejas, porém esquecem a quem devem imitar, pois está escrito no livro de Efésios 5.14, aonde lemos: Sede, pois IMITADORES de DEUS, como filhos amados....

Ao contrário do que está escrito em Hebreus 6.12 (...para que não vos torneis indolentes, mas sejais IMITADORES dos que pela fé e paciência herdam as promessas.), muitos estão se tornando rebeldes em relação à Palavra de Deus que nos manda sermos imitadores das coisas do Pai.

Devemos ser nós mesmos, viver como nós mesmos e nos mostrar como somos. Não adianta viver com máscaras ou mesmo com mentiras, pois em um dia, no qual menos esperamos, elas vem à tona e destroem nosso falso castelo.

Portanto, cada um deve viver e agir como um filho de Deus, pois é isso que somos. Somos filhos, não somos criatura, não somos animais racionais, mas, sim, simplesmente e gloriosamente filhos do Deus Altíssimo.

É hora de deixar de sermos atores crentes para sermos adoradores e servos do Pai.
http://www.lrchurch.co.uk/texto_bastidores.html
Fonte: Lagoinha.com - Breno Amaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO