domingo, setembro 24, 2006

Ama-me



Ama-me pela vida afora
Independente do tempo
Espaço e hora
Ama-me toda, ama-me
Até a loucura,porque
Sou parte de você agora
Ama-me com ternura
Ofereça-me sua paz,
Seus beijos, seus abraços...
Tenho um amor imenso,
Que mal cabe no espaço
Ama-me com toda a força,
Sem egoísmo, com calma,
Ama-me como se estivesse
Amando a minha alma!

Marilena Trujillo

Um comentário:

  1. Nunca tinha lido um poema tão LINDO !
    Sinceramente comoveu-me um bocado ;D

    Muito Qerido !

    ResponderExcluir

ANTES DE SAIR DEIXE SEU COMENTÁRIO